Obras do Comperj criarão 5 mil vagas de emprego

Compartilhar:

As obras do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, voltará à atividade com a retomada das obras, paradas há cerca de três anos, considerado um dos principais símbolos da corrupção na Petrobras, revelado na Operação Lava-Jato.

Representando investimentos de cerca de R$ 4 bilhões, com geração prevista de cerca de 5 mil vagas de emprego, as obras de construção da Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) deverão ser retomadas em junho, sendo que a Petrobras pretende oferecer cursos para capacitação e atualização dos trabalhadores antes mesmo do início das obras.

Para especialistas do setor de óleo e gás e do setor de recursos humanos, estão previstos dois momentos na busca de profissionais: o primeiro será voltado para a contratação de profissionais da construção civil, principalmente para atuação nas obras, depois, serão abertas novas vagas de emprego para técnicos e engenheiros especializados na operação da UPGN.

Para maiores informações sobre o Comperj, acesse o site do complexto petroquímico no site da Petrobras através do link a seguir:

http://www.petrobras.com.br/pt/nossas-atividades/principais-operacoes/refinarias/complexo-petroquimico-do-rio-de-janeiro-comperj.htm

Comperj - Unidade de Geração de Hidrogênio Comperj - Trem de Refino Processamento de Gás Natural e Armazenamento de GLP

Fonte: Matéria de Ramona Ordonez, Pollyanna Brêtas e Ana Clara Veloso do Extra

Compartilhar:

Leandro dos Santos

Fundador e administrador do Guia da Obra, é um ex-empresário da construção civil que atuou na área por mais de 20 anos. Atualmente presta consultoria aos empresários e profissionais do setor de construção civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 14 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.