Obras do Sistema Produtor São Lourenço inspecionadas pelo governador

Compartilhar:

O novo Sistema Produtor São Lourenço previsto para ser concluído em outubro de 2017 foi inspecionado pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alkmin, nesta segunda-feira, 1 de Junho de 2015. Quando concluída a obra, o Sistema Produtor São Lourenço permitirá a captação de 4,7 mil l/s (litros por segundo) de água, um volume suficiente para abastecer cerca de 1,5 milhão de habitantes. A área de atendimento prevista para o novo sistema compreende os municípios de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista, sendo que atualmente cerca de 1,1 milhão de habitantes dessa região são abastecidos pelo Cantareira.

Projeto

O projeto do Sistema São Lourenço contempla a construção da Estação de Tratamento de Água no município de Vargem Grande Paulista além de reservatórios para armazenamento de até 125 milhões de litros de água, sendo que a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) protocolou pedido junto à ANEEL e ao DAEE para futuramente aumentar a outorga do sistema para 6,4 mil l/s. Se aprovado o acréscimo de 1,7 mil l/s a mais, o novo Sistema Produtor São Lourenço poderá abastecer mais 500 mil moradores de Santana do Parnaíba, Carapicuíba e Osasco aliviando ainda mais o consumo do Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento destes moradores atualmente.

Captação

A captação do Sistema Produtor São Lourenço acontecerá na represa Cachoeira do França, no município de Ibiúna. Também serão instalados 83 km de tubulações de grande porte (adutoras com até 2,10 m de diâmetro) e um túnel de 1,1 km pela serra, além de uma passagem por baixo da Rodovia Raposo Tavares.

Já foram assentados até o momento mais de 3 km de adutoras nas cidades de Ibiúna, Barueri e Carapicuíba mas a previsão é de chegar a 26 km até dezembro de 2015. As adutoras terão que transpor obstáculos como um desnível de cerca de 300 metros ao passar pela Serra de Paranapiacaba.

Execução

A construção do Sistema Produtor São Lourenço é concebida através de uma PPP (Parceria Público-Privada) que envolve as construtoras Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa com investimento previsto de R$ 2,21 bilhões com a contrapartida da operação do sistema por 25 anos.

Governador Geraldo Alkmin visita Sistema São Lourenço Obras do Sistema Produtor São Lourenço

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo
Fotos: A2img / Ciete Silvério

Compartilhar:

Leandro dos Santos

Fundador e administrador do Guia da Obra, é um ex-empresário da construção civil que atuou na área por mais de 20 anos. Atualmente presta consultoria aos empresários e profissionais do setor de construção civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.