Cuidados sobre a Instalação de Aquecedores

Iluminação, fiação, condução elétrica, telefonia e eletricidade na construção civil.
Avatar do usuário
Leandro
Fundador do GdO
Fundador do GdO
Mensagens: 999
Registrado em: 19:45 - Segunda-feira, 22/01/2007
Localização: São Paulo - SP - Brasil
Atividade ou Profissão: Empresário

Cuidados sobre a Instalação de Aquecedores

Mensagem por Leandro »

De olho no aquecedor

Má utilização e instalação errada do equipamento podem levar moradores a morte

Imagem
JEITO CERTO - Aparelho deve ser instalado perto de janelas para garantir a dissipação de gases

Desde que os termômetros começaram a registrar temperaturas baixas, aumentam os registros de intoxicação por má utilização dos aquecedores a gás. Este é um fato que se repete em todo inverno. Nos últimos cinco anos, 26 pessoas morreram intoxicadas por monóxido de carbono em Curitiba, segundo o Corpo de Bombeiros. As principais causas são a instalação incorreta e a falta de manutenção do equipamento. Para o gerente da Aquecemais, Pedro Guimarães, as mortes ocorrem porque o aparelho é muito exigido no inverno. “As pessoas costumam comprar o aquecedor em lojas e elas mesmo instalam ou pedem para um pedreiro ou porteiro fazer isso. O que acontece é que, muitas vezes, não lêem o manual e acabam instalando errado e usando muito, colocando vidas em risco”, diz.

As normas de segurança deste equipamento permitem que de 3% a 5% dos gases soltados por ele fiquem no ambiente. No entanto, se a instalação for incorreta ou o local não for ventilado, ele pode matar. O mercado esta oferecendo um aquecedor que expele 100% dos gases para fora do ambiente. “São os aquecedores de exaustão forçada, que têm uma espécie de ventilador que joga o gás para fora e não utiliza o oxigênio do lugar. Ele é mais seguro que os demais”, diz Guimarães. O relações públicas do Corpo de Bombeiros, Tenente Eduardo Gomes Pinheiro, aconselha que ao iniciar cada inverno a pessoa solicite inspeção por um técnico em todos os equipamentos domésticos que utilizam combustíveis, principalmente aquecedores. Segundo ele, 80% dos aquecedores de Curitiba não têm dispositivo de segurança que desliga o aparelho em caso de super aquecimento e que evita a saída de gás quando a chama se apaga. De acordo com o vendedor técnico da Central Touchê, Carlos Humberto Muniz, a manutenção destes aparelhos deve ser regular e o morador deve sempre olhar a cor da chama do aquecedor. “A manutenção deve ser de oito em oito meses nos novos e de quatro em quatro nos antigos. Como dica, se a chama estiver azul está bom, se amarelar chame um técnico porque tem irregularidade”, diz.

PREVENÇÃO

O Monóxido de Carbono (CO) é um gás que não se pode ver (incolor) e não se pode identificar pelo cheiro (inodoro). E este é o principal motivo das intoxicações, pois a pessoa não sabe que está sendo envenenada. “O morador vai se intoxicando lentamente, as funções vitais são paralisadas e isso impede que ela peça socorro. Com a falta de oxigênio, ele desmaia e pode morrer”, diz o relações públicas do Corpo de Bombeiros, Tenente Eduardo Gomes Pinheiro Em caso de suspeita de envenenamento, a pessoa deve retirar-se imediatamente do local e procurar ar fresco. Abra portas e janelas, desligue o equipamento e saia de sua casa ou apartamento. Após isso, procure um atendimento de emergência. O envenenamento com CO pode ser diagnosticado com um exame de sangue imediatamente após ter havido exposição ao gás.
Recomendações do Corpo de Bombeiros
A questão principal para se evitar o envenenamento com o CO é a prevenção. Portanto, tome os seguintes cuidados. - Chame um técnico para fazer a manutenção regular dos equipamentos; - Escolha aquecedores que eliminam os gases da combustão diretamente para o exterior da casa. Os equipamentos devem ser instalados corretamente segundo as instruções do fabricante. O valor de um aquecedor com sistema de combustão forçada custa, em média, R$ 1300 o de tamanho 15 litros. Já o comum, também de 15 litros, custa R$ 190. - Em caso de problemas, chame o Corpo de Bombeiros pelo fone 190 (Capital e RMC) ou 193 (Interior do Estado). Fonte: Corpo de Bombeiros
Fonte: http://www.construcaoecia.com.br/conteu ... 19&cont=54
Imagem Imagem GUIA DA OBRA - Tudo sobre Construção e Reforma