Político honesto existe!

O Boteco ou Bar da Obra é uma área livre para discussão de assuntos variados que não sejam diretamente relacionados à construção civil.
Avatar do usuário
Leandro
Fundador do GdO
Fundador do GdO
Mensagens: 999
Registrado em: 19:45 - Segunda-feira, 22/01/2007
Localização: São Paulo - SP - Brasil
Atividade ou Profissão: Empresário

Político honesto existe!

Mensagem por Leandro » 15:32 - Sexta-feira, 05/08/2011

Político honesto: Existem indícios de que realmente esta espécie exista e não seja apenas uma figura do folclore.

O ilustríssimo Deputado Federal do Distrito Federal abriu mão de inúmeros benefícios aos quais legalmente tem direito além de reduzir seu salário economizando assim, para os cofres públicos, mais de R$ 2,3 milhões ao final de 4 anos de mandato.

Este é um exemplo que precisa ser seguido entre os políticos brasileiros. Eles tem que entender que trabalham para o povo, pelo povo e não o contrário, que há anos vem acontecendo.

Leia mais:
O deputado federal José Antonio Reguffe (PDT-DF), que foi proporcionalmente o mais bem votado do país com 266.465 votos, com 18,95% dos votos válidos do DF, estreou na Câmara dos Deputados fazendo barulho. De uma tacada só, protocolou vários ofícios na Diretoria-Gera...l da Casa. Abriu mão dos salários extras que os parlamentares recebem (14° e 15° salários), reduziu sua verba de gabinete e o número de assessores a que teria direito, de 25 para apenas 9. E tudo em caráter irrevogável, nem se ele quiser poderá voltar atrás. Além disso, reduziu em mais de 80% a cota interna do gabinete, o chamado “cotão”. Dos R$ 23.030 a que teria direito por mês, reduziu para R$ 4.600. Segundo os ofícios, abriu mão também de toda verba indenizatória, de toda cota de passagens aéreas e do auxílio-moradia, tudo também em caráter irrevogável. Sozinho, vai economizar aos cofres públicos mais de R$ 2,3 milhões (isso mesmo R$ 2.300.000,000) nos quatro anos de mandato. Se os outros 512 deputados seguissem o seu exemplo, a economia aos cofres públicos seria superior a R$ 1,2 BIlhão. “A tese que defendo e que pratico é a de que um mandato parlamentar pode ser de qualidade custando bem menos para o contribuinte do que custa hoje. Esses gastos excessivos são um desrespeito ao contribuinte. Estou fazendo a minha parte e honrando o compromisso que assumi com meus eleitores”, afirmou Reguffe em discurso no plenário.
Por: Cylo De Toledo
Imaginem o quanto o governo poderia economizar se todos os deputados, senadores, vereadores, governadores, prefeitos, etc... políticos em geral, deixassem de ganhar tanto acima do que realmente necessitam e principalmente, merecem.

Não é que falta dinheiro arrecadado para investir em saúde, educação e segurança, que considero o básico para melhoria das condições de vida da população. O que ocorre é que o exagerado montante arrecadado é desperdiçado com inúmeros benefícios e salários extremamente altos de um número já inflado de políticos no país. Se o governo arrecada mais, os políticos inventam ainda mais despesas.

Pare e pense: Porque um cidadão trabalhador ou um aposentado, honestos, recebem um salário mínimo (pouco mais de R$ 540,00 ao mês) e têm que sobreviver ou ainda sustentar sua família através desta fonte de renda, ao passo que um político recebe R$ 24 mil e mais inúmeros benefícios como auxílio paletó, auxílio moradia, entre outros tantos estapafúrdios? Porque o cidadão comum, que muitas vezes trabalha ou trabalhou de sol a sol em profissões até mesmo muito sacrificantes (como pedreiros, serventes, pintores, trabalhadores da construção civil em geral) tem que receber tão abaixo de um político? Não que exercer a política não seja algo trabalhoso e que tenha seus méritos, mas porque um é tão melhor do que o outro para receber salários tão diferentes?

Amigos, temos que nos unir contra a situação cada vez mais ridícula da corrupção em nosso país, isto não pode ficar assim, afinal, em que mundo nossos filhos e netos vão viver? Ou melhor, em que país vocês querem que seus descendentes vivam?

Vamos sempre divulgar e protestar contra a corrupção (ativa ou passiva) e quando houver situações opostas, como a do ilustríssimo sr. José Antonio Reguffe, vamos louvar e gritar aos quatro quantos o quão exemplar e digna foi a sua atitude.
Imagem Imagem GUIA DA OBRA - Tudo sobre Construção e Reforma

bozzo
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 7
Registrado em: 23:04 - Segunda-feira, 12/03/2012
Localização: São Paulo
Atividade ou Profissão: Decorador

Re: Político honesto existe!

Mensagem por bozzo » 23:30 - Segunda-feira, 12/03/2012

10% deve ser honesto, na minha honesta opinião.