Guia da Obra

Tudo sobre Construção e Reforma

Dica de Pintura: Como pintar paredes internas e tetos

Dicas de Pintura: Como pintar paredes internas e tetosNeste artigo daremos dicas de como preparar e pintar paredes internas e o teto de construções como residências. Além de dicas, você terá uma breve instrução sobre quais as ferramentas e acessórios recomendados para a pintura de paredes internas e teto de edificações.

Também citaremos brevemente alguns tipos de tintas e quais as suas aplicações, assim como tempo médio estimado para secagem.

Primeiramente é importante ter a consciência de que o mais indicado é contratar um profissional qualificado (pintor) para que a pintura seja realizada da forma mais adequada possível e com toda a segurança necessária.

Lembre-se que se optar por fazer você mesmo a pintura, sem ter qualquer experiência, são grandes os riscos de danos aos objetos presentes no local, além de haver também riscos à sua saúde. Por isso, jamais deixe de utilizar equipamentos de segurança como óculos de proteção, luvas, máscara, EPIs em geral. Nós não nos responsabilizamos pelos resultados ou danos causados, então, faça por sua conta e risco.

Preparação do local da pintura

Antes de começar a pintar, reúna todos os móveis no centro do cômodo, cobrindo-os com algum tipo de manta, lona, plástico, papelão ou jornais velhos para protegê-los de eventuais pingos de tinta.

Também é recomendado que o chão seja previamente forrado com algum dos materiais citados, evitando maiores trabalhos de limpeza posteriores à pintura.

Ferramentas e materiais para pintura

As ferramentas mais utilizadas para a pintura de paredes e tetos são:

  • EPIs (óculos, luvas, máscara, etc);
  • Rolo de Lã (23 cm);
  • Pincéis;
  • Bandeja para pintura;
  • Lonas plásticas, papelão e/ou jornais.

Para a preparação da parede ou teto e para a pintura serão necessários os seguintes materiais:

  • Água;
  • Lixa para massa n.° 120;
  • Água Sanitária e/ou Detergente Neutro;
  • Massa corrida PVA;
  • Tinta Látex PVA.

Preparação da superfície para a pintura

Para obter um melhor resultado, tanto em relação ao aspecto visual (beleza) quanto à durabilidade da pintura, é imprescindível preparar a superfície a ser pintada, seja parede ou teto, corrigindo possíveis imperfeições e removendo sujeiras e até mofo.

Para remover sujeiras e mofo, lave o local a ser pintado com uma solução de água sanitária misturada com água (1 litro de água sanitária por litro de água). Para manchas de sujeiras como gordura e nicotina (ambientes de fumantes), utilize água e detergente neutro. Em seguida, enxague e deixe secar.

Utilize uma espátula para raspar e remover eventuais pedaços de tinta que estejam descascando ou formando bolhas. Nesta etapa tome muito cuidado para não afetar o reboco da parede. Se eventualmente isso ocorrer, preencha o local com massa corrida.

Feito isso, verifique se existem pequenas imperfeições e se positivo, recomenda-se utilizar massa corrida, aplicada com o auxílio de espátula. Após cerca de 5 horas da aplicação, para efeito de secagem da massa, comece a lixar toda a superfície, até onde não foi utilizada a massa corrida, com lixa n.° 120, até que a tinta anterior perca o brilho e não existam mais partes soltas na superfície.

Se a superfície apresentar calcinação (reação química de decomposição térmica, leia mais aqui), reboco fraco ou desagregado, aplique previamente uma demão de fundo preparador de paredes.

Após finalizado o processo de lixamento, remova o pó resultante com o auxílio de uma vassoura de pelo ou passe um pano úmido.

Tintas de acabamento

A tinta a ser utilizada deverá ser do tipo Látex PVA para paredes internas, própria para aplicação em reboco ou massa corrida. A diluição geralmente é de 10 a 20 % de água e o rendimento por galão (3,6 litros) sobre reboco é de 30 a 40 m² por demão e sobre massa corrida de 40 a 50 m², sendo necessário em média, para ambas as superfícies, cerca de 4 horas de tempo de secagem entre demão e cerca de 12 horas para secagem completa. Porém, deve-se observar as orientações de cada fabricante. Não recomendamos misturar tintas de diferentes fabricantes, ainda que de cores praticamente idênticas, na mesma pintura.

Para a preparação da mistura da tinta, deve-se misturar muito bem a tinta com a água, na porcentagem indicada pelo fabricante, em um recipiente limpo ou na própria lata da tinta, misturando bem com o auxílio de uma espátula (não use chave de fenda), tornando a mistura bem homogênea. Lembre-se que quanto mais água você misturar, menos densa a tinta ficará e mais demãos serão necessárias para cobrir eventuais manchas ou tintas antigas com cores mais escuras.

Pintura

Com a superfície pronta para ser pintada, aplique 2 a 3 demãos de tinta de acabamento (látex), na cor de sua preferência. O tempo entre demãos é de 4 horas.

Você deverá colocar pequenas quantidades de tinta na bandeja para pintura e a utilizará para pintar com os rolos, sendo que para os pincéis, você poderá utilizar pequenas vasilhas que não utiliza mais.

Utilize os rolos de lã para superfícies maiores e os pinceis para acabamentos e cantos. Lembre-se de pintar sempre na horizontal e na vertical apenas.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo relacionado
Curta nossa página!
Publicidade
Líder Locações
Enquetes

O que mais impacta a construção civil?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Conheça também:
Terraplenagem.Net Escavadeira . Net Retroescavadeira . Net